Blog do WikiParques
As últimas notícias do site interativo dedicado aos cidadãos que querem compartilhar seus conhecimentos, explorar e debater sobre nossos Parques Nacionais e áreas protegidas.

Copa do Mundo das áreas protegidas: Honduras

Daniele Bragança
domingo, 15 junho 2014 4:54

O futebol Hondurenho vive a expectativa de participar de sua terceira Copa do Mundo. Apesar de já ter conquistado a maior competição de seu continente, a Copa Ouro da CONCACAF (em 1981), será apenas a terceira participação de Los Catrachos na maior competição da FIFA. Nas últimas competições que participou, em 1982 e 2010, foram 3 empates e três derrotas, uma campanha compatível com o nível futebolístico do país, mas muito aquém das esperanças do povo hondurenho.

Na Copa das áreas protegidas, o país joga bem e protege um pouco mais de 10% do território nacional, o que soma 1.132.200 hectares.  

A Reserva da Biosfera do Rio Plátano está localizada no rio Banana na região de La Mosquitia, na costa caribenha de Honduras. Esta reserva foi declarada Patrimônio da Humanidade e Reserva da Biosfera pela UNESCO no ano de 1980. A unidade protege muitas espécies de mamíferos, tais como: macacos-prego, jaguatirica ou lince, jaguar, entre outros, além de muitas zves como tucanos e araras. Os mamíferos aquáticos, como peixes-boi e outras espécies como jibóias e sucuris, também podem ser encontrados no parque. Ele também tem mais de 69 sítios arqueológicos que ajudaram a encontrar a Cidade Branca, uma cidade de uma civilização antiga, pré-colombiana, descoberta em 2012.

O Parque Nacional Cerro Azul Meambar é de difícil acesso. Criado em 1987, sua área é de 30.000 hectares. O ponto mais alto é o “Peak Hill”, a 2.047 m de altitude. A bela floresta nublada que cobre a maior parte do parque acrescenta um especial valor paisagístico.

O Parque Nacional Montanha de Santa Barbara também foi criado em 1987 e ocupa uma área de 12.130 hectares. Tem uma altitude de 2.777 metros, o que torna a segunda montanha mais alta em Honduras.

Os Cayos Cochinos são um grupo de ilhas constituído por duas pequenas ilhas (Cayo Menor e Cayo Grande) e 13 pequenas ilhotas de coral situado 30 km origem a nordeste de La Ceiba, na costa norte de Honduras. Sua área total do terreno é de cerca de 200 hectares, e os recifes fazem parte do segundo maior recife de coral do mundo, conhecido como a Barreira de Corais da Mesoamérica. Há uma estação de pesquisa científica sobre Cayo Menor, a menor das duas ilhas principais do sistema. Em um raio de oito quilômetros do parque marinho é proibido o uso de todas as redes de pesca comercial e armadilhas. Desde 1994, o Smithsonian Institution, o Fundo Mundial para a Natureza (WWF), a Fundação Hondurenha de Recifes de Coral, a Operação Wallacea e outras organizações sem fins lucrativos têm ajudado a preservar a beleza natural da região.

O Parque Nacional Celaque, também criado em 1987 e ocupa área de 26.640 hectares e abriga o pico mais alto de Honduras, chamado Cerro Las Minas ou Pico Celaque, que atinge cerca de 2.870 metros de altitude. Sua biodiversidade é muito rica, abrigando onças, pumas, jaguatiricas e a Bolitoglossa Celaque, uma salamandra em perigo encontrado somente nas montanhas de Celaque.

O Parque Nacional de Cerro Azul foi fundado em 1987 e tem uma área de 12.355 hectares no núcleo central e 24.710 hectares de zona tampão. O ponto mais alto é o Pico Cerro Azul, que fica 2.285 m acima do nível do mar. O parque é composto por floresta nubladas, típicas de terras altas, e possui dentro de seus limites alguns sítios arqueológicos de tempos pré-colombianos.

O Parque Nacional Cusuco, criado em 1987, tem 22.223 hectares, e está localizado na Sierra del Merendón. A área tem um índice de precipitação elevado e uma temperatura média de 19 °C. Os visitantes do parque podem realizar várias atividades, como trilhas para caminhadas, camping, cachoeiras e observação de aves. O principal atrativo do parque são as samambaias gigantes, que chegam a ter 20 metros de altura.

O Parque Nacional Jeanette Kawas foi criado em 1988 e cobre uma área de 78.162 hectares. Originalmente chamado de Parque Nacional de Punta Sal, seu nome foi alterado para Parque Nacional Jeanette Kawas em homenagem a uma das principais ativistas ambientais em Honduras, morta em 1995 após seus esforços em combater plantações de palmeiras na região. Logo depois o parque foi incluído na Lista de Zonas Úmidas de Importância Internacional (Ramsar).

O Parque Nacional La Muralla foi criado 1993, abrangendo uma área de 26.904 hectares. Em 2001 o projeto Paseo Pantera catalogou no parque 859 espécies de plantas, correspondendo a 410 gêneros e 127 famílias botânicas. 65 dessas espécies nunca haviam sido registradas anteriormemte, incluindo três novos gêneros de plantas que são endêmicas de Honduras.

O Parque Nacional La Tigra foi o primeiro parque nacional em Honduras, criado em 1980 com 240,4 hectares. Além de sua beleza natural exuberante e um rico passado histórico, a montanha de La Tigra, com a sua imensa floresta nublada, fornece mais de 30% da água consumida pela capital, Tegucigalpa, e 100% da água das comunidades em seu entorno.

O Parque Nacional Montanha de Comayagua foi criado em 1987 com uma área de 18.408 hectares. O parque é o lar de muitas cachoeiras, como a Cachoeira dos Sonhos, localizada no Río de Gavilán, que tem uma queda de 50 metros de água.

O Parque Nacional Montana de Yoro, criado em 1987, tem uma área de 15.480 hectares. Seu nome vem da língua Mahuatl, onde “Yolotl” significa “centro do coração.”

O Parque Nacional Trifínio Montecristo foi criado em 1987, e possui uma área de 5.400 hectares. O maciço de Monte Cristo é uma área onde as fronteiras de Honduras, Guatemala e El Salvador se encontram, e sua proteção é uma iniciativa conjunta dos três países, o que resultou na criação de parques nacionais em Honduras e El Salvador, bem como uma reserva da Biosfera na Guatemala. O parque possui uma rica biodiversidade, com árvores de carvalho e louro que chegam a alcançar alturas de até 30 metros. Sua rica fauna inclui espécies raras de macacos aranha, tamanduás, onças-pardas, cotias e tucanos.

O Parque Nacional Patuca foi criado em 1999 e cobre uma área de 375.584 hectares. Localizado perto da cidade de Catacamas, é abrigo para várias espécies ameaçadas de extinção.

O Parque Nacional Pico Bonito, criado em 1987, tem uma área de 56.430 hectares que protegem uma montanha do mesmo nome, localizada na cidade de El Porvenir. É um importante centro de atração turística, muito popular para a prática de observação de aves, rafting, canoagem e caminhadas.

O Parque Nacional Punta Izopo, criado em 1992 com área de 11.200 hectares, foi declarado refúgio de vida selvagem em 1992 e em 2000 passou a ser um parque nacional. Abriga um denso manguezal, habitat de muitos crocodilos, macacos e uma grande quantidade de pássaros tropicais.

O Parque Nacional Pico Pijol foi criado em 1987 e possui 12.200 hectares. Por ser cercada por encostas íngremes, uma área do parque ainda intocada, localizada em uma altitude acima dos 1800 m, é famosa por abrigar uma grande população de quetzals, uma ave bem colorida da família dos Trogoniformes.

O Parque Nacional da Serra Agalta foi criado em 1987 e alcança uma área de 73.800 hectares. Ao ser criado tinha pouco mais de 20 mil hectares, mas sua extensão foi aumentada em 2011, atingindo o tamanho atual. Conhecido por sua beleza cênica, com muitas cachoeiras e cavernas, o parque ainda abriga muitas pesquisas biológicas e ecoturismo, graças aos 40.000 hectares de floresta intocada, o que o torna o reduto da maior floresta nublada do país.

Veja abaixo algumas figurinhas carimbadas das áreas protegidas de Honduras.

Parque Nacional Cerro Azul Meambar
Parque Nacional Cerro Azul Meambar

Se você quiser torcer para o Brasil neste campeonato de áreas protegidas, acesse o WikiParques e conheça mais sobre as unidades de conservação de nosso país. O WikiParques é um site interativo dedicado aos cidadãos que querem compartilhar seus conhecimentos, explorar e debater sobre nossos Parques Nacionais e áreas protegidas. Colabore para proteger.

 

Leia também
Copa do Mundo das áreas protegidas: Grécia
Copa do Mundo das áreas protegidas: Chile
Copa do Mundo das áreas protegidas: Croácia
Áreas protegidas do mundo em incríveis fotos 360°

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.