Blog do WikiParques
As últimas notícias do site interativo dedicado aos cidadãos que querem compartilhar seus conhecimentos, explorar e debater sobre nossos Parques Nacionais e áreas protegidas.

Copa do Mundo das áreas protegidas: Grécia

Daniele Bragança
sábado, 14 junho 2014 4:43

A Grécia está acostumada com altos e baixos. Apesar de já ter estado no topo da Europa, ao conquistar a Euro 2004 (batendo a nação anfitriã na final, Portugal, por 1×0), nunca jogou verdadeiramente bem uma Copa do Mundo. Com apenas duas participações no maior torneio de futebol entre seleções, 1994 e 2010, a Grécia nunca passou da fase de grupos, sendo caracterizada por um futebol extremamente defensivo e pouco vistoso.

No campo das áreas protegidas, a Grécia estrategicamente protegeu parte de suas belezas naturais, as transformando em parques ou reservas da biosfera.

País cercado de montanhas, não é à toa que quase todas as 10 unidades de conservação da Grécia protejam montanhas e pequenas cordilheiras. A montanha mais alta da Grécia, o Monte Olimpo, com quase 3 mil metros (2917), virou reserva natural em 1938 e patrimônio natural da União Europeia desde 1981, na categoria de Reserva da Biosfera. Casa dos atletas olímpicos na mitologia grega, o Monte Olimpo é rica em vegetação, especialmente endêmica.

O Parque Nacional Marinho de Alonissos foi criada em 1992, com 226.000 hectares, se transformando na maior área marinha protegida da Europa. Foi a primeira unidade de conservação criada na Grécia para preservar o bioma marinho. O parque protege 6 ilhas pequenas (Peristera, Kyra Panagia, Gioura, Psathoura, Piperi e Skantzoura) e 22 ilhotas desabitadas. As ilhas são caracterizadas por encostas rochosas íngremes que se estendem até o mar e as cavernas, que são uma parte importante do habitat da foca-monge (Monachus monachus).

O Parque Nacional Monte Ainos foi criado em 1962 e protege uma pequena cordilheira da ilha Cefalônia. É a continuação da cordilheira Pindos, que começa na Sérvia e passa pela Albânia. O parque compreende a linha dos cumes da montanha 2 de março, com uma altitude de 1.628 metros. Entre janeiro e fevereiro, a temperatura cai até 1 ºC, mas em julho atinge o pico confortável de 26ºC. Não há estações de esqui no parque, mas belas cavernas para se visitar.

Parque Nacional do Monte Parnaso, mantém intacta uma das montanhas mais altas da Grécia, o Monte Parnaso, com 2.457 m de altura. Por ser um santuário para as aves de rapina, a unidade é visitada regularmente por observadores de pássaros. A melhor época para visitar são os meses de maio e junho. No inverno, é possível esquiar nas encostas norte. Além da biodiversidade, o sul do parque protege sítios arqueológicos importantes, como a fonte de Castalia e o sítio arqueológico ocupado pelo santuário Pan-helênico de Delfos, dedicado a Apolo.

O Parque Nacional de Pindo, criado em 1966, tem 6.927 hectares. O Parque Nacional tem uma gama de elevação que variam entre 1076 a 2177 metros, e densas florestas de pinheiro negro europeu e faia que se estendem por seus picos rochosos. Faz parte da rede de áreas protegidas Natura 2000 e é um dos três locais na Grécia onde pode ser encontrada uma população de ursos.

O Parque Nacional Vikos-Aoos foi declaro parque em 1973. Protege 12.600 hectares, incluindo o Monte Tymfos. Ursos, raposas e veados são moradores do local.

O Parque Nacional de Samaria saiu do papel em 1969. Fica 50 km a oeste da ilha de Creta e possui 1.400.000 hectares de área. O parque está aberto entre maio e outubro, das 6h às 15h. Há rotas marcadas que os visitantes podem seguir. Aqueles que desejam visitar outras áreas precisam pedir autorização.

O Parque Nacional Marinho de Zakynthos foi criado há 15 anos e possui uma área de 13.500 hectares. É o habitat da tartaruga cabeçuda (Caretta caretta), onde elas nidificam. É o primeiro parque nacional criado para a proteção das tartarugas marinhas no Mediterrâneo.

O Parque Nacional Presta é um parque transnacional que preserva os maiores lagos tectônicos dos Balcãs. Compreende parte da Albânia (38.800 hectares), Grécia (84.800 hectares) e da República da Macedônia (19.000 hectares). Estão localizados a uma altura de 853 metros. O maior lago é compartilhado entre os três países, recebendo o nome de Prespansko Ezlo (na Macedônia); Limni Megáli Prespa (na Grécia) e Liqeni i Prespes (na Albânia). O lago menor é compartilhada apenas entre a Grécia (43.500 hectares) e Albânia (3.900 hectares). Tem abundante vida selvagem e flora rara.

Veja abaixo algumas figurinhas carimbadas das áreas protegidas da Grécia.

Parque Nacional Marinho de Zante
Parque Nacional Marinho de Zante

 

Se você quiser torcer para o Brasil neste campeonato de áreas protegidas, acesse o WikiParques e conheça mais sobre as unidades de conservação de nosso país. O WikiParques é um site interativo dedicado aos cidadãos que querem compartilhar seus conhecimentos, explorar e debater sobre nossos Parques Nacionais e áreas protegidas. Colabore para proteger.

 

Leia também
Copa do Mundo das áreas protegidas: Chile
Copa do Mundo das áreas protegidas: Croácia
Áreas protegidas do mundo em incríveis fotos 360°

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.