Mais uma espécie ameaçada pelo PAC

Aldem Bourscheit
segunda-feira, 3 agosto 2009 20:16

Estudo de Impacto Ambiental de Arco Metropolitano do Rio desconsidera rã ameaçada de extinção e revela que obra do governo federal pode vitimar  peixe-das-nuvens, espécie endêmica da região.

Polêmica quilombola

Andreia Fanzeres
segunda-feira, 3 agosto 2009 20:08

Estudo lançado pelo Grupo Iguaçu sustenta que pleitos de comunidades quilombolas para a desafetação de parques e outras unidades de conservação não encontram base na Constituição brasileira e confrontam as leis ambientais.

Lagoa limpa e na internet

Salada Verde
segunda-feira, 3 agosto 2009 19:02

A Lagoa Rodrigo de Freitas é um dos cartões-postais do Rio de Janeiro, mas sofre com a poluição há algumas décadas. Um projeto liderado pela empresa EBX, no entanto, promete mudar esta situação. Com investimento de 30 milhões de reais, a recuperação ambiental do corpo d’água é realizada em parceria com a Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e o Governo do Estado e segue até o fim de 2010. A partir desta semana, os interessados podem ler textos e assistir a vídeos, galerias de fotos e mapas sobre o trabalho na internet. O novo portal também apresenta uma lista de espécies da fauna e flora local, estudos de geoquímica, engenharia sanitária, drenagem, hidrodinâmica e gestão de resíduos da Lagoa. Clique aqui e confira.

Primeira usina espanhola de biomassa

Curtas
segunda-feira, 3 agosto 2009 18:08

Acaba de ser lançada a primeira usina elétrica espanhola alimentada com biomassa. A planta montada pela empresa Iberdrola queima galhos, cascas e outros resíduos florestais triturados para produzir vapor e movimentar uma turbina. A geração será de dois megawatts, suficientes para abastecer os 14 mil moradores do município Señorío de Molina de Aragón, no estado de Guadalajara, centro do país. A coleta das 26 mil toneladas anuais estimadas de material acontecerá dentro do Parque Natural del Alto Tajo e dependerá das mãos de 250 pessoas. Outras trinta trabalharão na geradora e triturando o material. Além de produzir eletricidade, a novidade ajudará a deixar o solo das florestas mais limpo, reduzindo o perigo de incêndios que, este ano, já consumiram 75 mil hectares de vegetação na Espanha. Em 2005, onze pessoas morreram vítimas do fogo. Mais informações (em espanhol) aqui.

O Silêncio dos Indecentes (parte I)


segunda-feira, 3 agosto 2009 15:43

No governo Lulla Rousseff ambientalista bom é ambientalista calado. É a regra desde que o PT lançou  o ‘amiguismo’, a indicação política que é boa para alguns e péssima para o meio ambiente.