Ruas tomadas em Santa Catarina

Salada Verde
terça-feira, 31 março 2009 21:05

Até o final desta tarde, o projeto de lei com o Código Ambiental de Santa Catarina ainda não havia sido votado na Assembléia Legislativa. Mas o movimento no entorno da casa é enorme desde o início da manhã. Analucia Hartmann, procuradora da República no estado, contou a O Eco que precisou desviar de caminho para chegar ao seu escritório. “Duas ruas ao redor da Assembléia estão tomadas por ônibus e manifestantes em favor da aprovação do código”, explica. Ainda não se sabe de onde eles vieram. De acordo com informações de fontes que estão acompanhando o processo de dentro do governo, os 40 deputados terão cinco minutos para explicar as escolhas. Infelizmente, ninguém acredita que o projeto será vetado, uma vez que o governador Luiz Henrique da Silveira tem maioria entre os parlamentares.

Canaviais ainda queimam em SP

((o))eco
terça-feira, 31 março 2009 20:10

Termina oficialmente hoje (30) a safra paulista 2008/2009 de cana-de-açúcar. Segundo números da Secretaria Estadual do Meio Ambiente de São Paulo, 49,1% dos 3,910 milhões de hectares colhidos foram feitos por meio da mecanização. Isto é, em mais de 1,990 milhão de hectares ainda foi preciso utilizar a queima, que elimina a palha e facilita o corte manual, mas também é responsável pela emissão de toneladas de poluentes na atmosfera. O órgão estadual pretendia atingir a meta de 50% este ano. As usinas paulistas esperam eliminar a queima totalmente até 2014, mas, a exemplo da safra 2008/2009, as metas intermediárias devem ser alteradas devido ao impacto da crise econômica no setor, com a diminuição no número de cana comercializada.

Regularizando Itajaí

Salada Verde
terça-feira, 31 março 2009 19:35

Até o fim do ano, o Parque Nacional do Itajaí, em Santa Catarina, deve ter 10,5 mil (cerca de 18%) de seus 59 mil hectares regularizados. O Instituto Chico Mendes (ICMBio) anunciou um plano de manejo para aquela unidade de conservação e também R$ 1,5 milhão para indenizar três propriedades onde vivem 30 pessoas, em 1.500 hectares. Elas plantavam pinus e tinham outras atividades produtivas prejudiciais ao parque. Agora, deixarão a área.Outros R$ 2,5 milhões dos cofres da União são prometidos até o fim do ano, suficientes para desapropriar outros 3 mil hectares. Ainda há cerca de 400 pequenas propriedades dentro da área protegida, vistas como menos preocupantes pelo ICMBio. Além disso, 6 mil hectares estão regularizados dentro do Parque Municipal Nascentes do Garcia, englobado pelo parque federal.Esses números foram informados hoje pelo presidente do instituto Rômulo Mello, durante lançamento da sede da Coordenação Regional Sul do ICMBio. Ela será responsável por mais de 2 milhões de hectares de unidades de conservação na Região Sul, em 39 áreas protegidas, como Parque Nacional de Foz do Iguaçu e Parque Nacional Aparados da Serra. 

Descaminhos climáticos

Salada Verde
terça-feira, 31 março 2009 17:14

Lembrando uma segunda análise da Agência de Notícias dos Direitos da Infância (Andi) sobre o conteúdo dos maiores veículos impressos nacionais quanto às mudanças do clima, seu diretor, Veet Vivarta, comentou que a cobertura nacional dos destemperos do clima ainda funciona na base dos empurrões do Exterior, é focada mais em mitigação do que em adaptação e faz poucas relações com o modelo de desenvolvimento econômico. Há poucos vínculos, por exemplo, com o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), esvaziado de vículos ambientais, diga-se de passagem. “Onde os programas e metas ambientais estão sendo contemplados?”, questionou. Já Eduardo Viola, professor do Instituto de Relações Internacionais da Universidade Federal de Brasília (UnB), avaliou que a mídia precisa cobrir com mais intensidade temas como a descarbonização da economia, ou seja, a busca de um modelo de desenvolvimento com tecnologias e produção com baixa emissão de Carbono. O gás é um dos principais agentes do aquecimento global, ao lado do Metano e de outros poluentes. Ele também lembrou que a crise econômica global não sombreou a climática, até porque essa extrapolou a faceta estritamente ecológica, com implicações econômicas, políticas e de segurança planetária. Tudo isso durante um evento sobre política e mudanças do clima promovido hoje em Brasília pela Andi. Mais informações sobre mudanças do clima aqui.

Turismo patrola

Salada Verde
terça-feira, 31 março 2009 17:11

Indigenistas do Ceará estão tiririca com a empresa espanhola Afirma. Ela quer erguer em Itapipoca, em 3.100 hectares que pertenceriam a índios Tremembé, o megacomplexo turístico Nova Atlântida. Conforme os contrários à obra, organizados por meio do site Salve a Selva, a empreitada prevê cerca de trinta hotéis de luxo, zonas residenciais de alto padrão e sete campos de golf. No caminho dos tratores, mangues, dunas, florestas tropicais, lagoas e rios. A demarcação e a homologação da terra indígena está parada desde 2006.

Adeus ao surubim do Rio Doce?

Salada Verde
terça-feira, 31 março 2009 17:06

Há poucos dias, o conselho de Política Ambiental de Minas Gerais aprovou a licença prévia para a Pequena Central Hidrelétrica Nova Brito, da empresa Novelis Brasil Ltda. Especialistas como Jorge Dergam dos Santos, da Universidade Federal de Viçosa, criticaram a medida, afirmando que a região da obra, próxima ao Parque Nacional do Caparaó, é a única onde vive o Surubim-do-Rio-Doce (Steindachneridion doceanum). A espécie sobe rios e corredeiras para se reproduzir e, com a barragem, sua sobrevivência fica comprometida. Escadas de peixe não resolveriam o problema. O surubim faz parte de listas de espécies ameaçadas de extinção, figurando como “Criticamente em Perigo”. Isso não evitou a emissão da licença. Pelo menos 25 usinas e 74 pequenas usinas estariam previstas para a Bacia do Rio Doce. Políticos locais e dirigentes estaduais aprovam. Mais informações aqui.

Novos dados sobre o Ártico

Salada Verde
terça-feira, 31 março 2009 10:03

Novos dados sobre a cobertura de gelo no Ártico foram divulgados nesta segunda pelo Centro Nacional de Dados sobre Gelo e Neve da Universidade de Boulder Colorado. De acordo com observações por satélites, o gelo do inverno no Polo Norte atingiu sua extensão máxima no dia 28 de fevereiro e ela ficou mais uma vez abaixo da média. A cobertura congelada alcançou 15,14 milhões de Km2, enquanto a média verificada entre 1979 e 2000 é de 15,86 milhões de Km2 (Veja imagem ao lado). Trata-se do quinto recorde de diminuição na extensão total do gelo ártico. Medições nos últimos 6 anos indicam recordes sucessivos de queda na recuperação da área congelada. Todos os anos, dois tipos de dados sobre o Ártico são divulgados: um sobre a a extensão do gelo durante o inverno e outro sobre o ritmo do derretimento no verão.

Ministério da Pesca nas mãos do Senado

Salada Verde
terça-feira, 31 março 2009 10:00

Deputados aprovam criação do Ministério da Pesca e Aquicultura, escanteando área ambiental. Novas atribuições do órgão podem ser ainda mais prejudiciais aos ambientes pesqueiros.

O fantasma de Bush

Salada Verde
segunda-feira, 30 março 2009 21:23

George W. Bush já deixou a Casa Branca, mas suas medidas ainda têm eco nos Estados Unidos. Notícia da Environmental News Network avisa que os dois encontros internacionais – organizados para discutir os impasses de um acordo climático mundial – agendados pelo ex-presidente no fim de seu mandato estão confirmados. O primeiro será em abril, na capital norte-americana, enquanto o segundo deverá ocorrer em La Maddalena, na Itália, no meio do ano. Ambientalistas e membros da União Européia foram contrários à realização das reuniões sob o argumento de que elas são uma tentativa de tirar o foco dos esforços mantidos pelas Nações Unidas. Representantes da China e da Índia, dois dos atuais maiores emissores de carbono do planeta, asseguraram presença.

Jóia rara reaparece em lago dos EUA

Salada Verde
segunda-feira, 30 março 2009 21:17

No início deste mês, fotógrafos norte-americanos registraram um raro golfinho cor de rosa. E eles não estavam na Amazônia, mas sim no lago Calcasieu, um estuário de águas salgadas do estado de Luisiana. Apesar da cor, brilhante e uniforme por todo corpo, o animal não é nada mais que um exemplar albino do golfinho comum, explica notícia do jornal inglês The Telegraph. Segundo cientistas, que se dizem surpreendidos com a cor do animal, ainda não é possível saber que tipo de albinismo é este, apenas que ele não parece ser drasticamente afetado pelo ambiente ou luz solar, como seria de se esperar, apenas permanece mais tempo debaixo d´água em relação ao resto do seu grupo. O animal foi fotografado pela primeira vez em 2007. Confira imagens aqui.