Por pouco

((o))eco
sábado, 31 maio 2008 11:41

A briga foi acirrada em Bonn, mas o Brasil, nomeado ao prêmio motosserra de ouro durante a COP9, deixou a estatueta para os países do G8, com exclusão da Alemanha. O Greenpeace resolveu entregar o prêmio aos países mais ricos do mundo porque eles não se esforçaram para alocar mais recursos financeiros na proteção da biodiversidade, na implementação de áreas protegidas e na redução progressiva do desmatamento.

Água urgente!

((o))eco
sexta-feira, 30 maio 2008 16:25

Para marcar a Semana do Meio Ambiente, a Globo News exibirá uma série especial sobre a água no Cidades e Soluções, nos dias 1º e 08 de junho, às 21h30. O programa vai mostrar como é possível obter o recurso em situações críticas, nas áreas onde menos chove ou onde há mais poluição no mundo. Os repórteres Alberto Gaspar e André Trigueiro vão percorrer áreas em Israel e zonas áridas no Brasil. Vale a pena acompanhar.

Novas unidades de conservação

((o))eco
sexta-feira, 30 maio 2008 16:01

O Parque Nacional do Mapinguari e as reservas extrativistas do Ituxi e do Médio Xingu, anunciadas pelo ministro Carlos Minc na COP9 (Alemanha), têm sinal verde da Casa Civil e serão decretadas até 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente. Mapinguari e Ituxi estão na área de influência da rodovia BR-319 (Porto Velho-Manaus), enquanto Médio Xingu comporá o mosaico da Terra do Meio (PA). Outras duas áreas protegidas, uma na Amazônia e outra na Mata Atlântica, poderão ser anunciadas. Tudo depende dos trâmites governistas.

Há piores

((o))eco
sexta-feira, 30 maio 2008 15:13

Quando o assunto é emissões de carbono, é comum os habitantes de grandes cidades carregarem o peso da culpa nas costas. Mas uma pesquisa lançada nos Estados Unidos pelo Instituto Brookings revelou que a turma dos aglomerados urbanos está se saindo melhor do que a encomenda. De acordo com os dados, cada morador das 100 maiores regiões metropolitanas do país mandam anualmente para os céus cerca de 2,47 toneladas de carbono só no consumo de energia. O número, no entanto, está 14% abaixo da média nacional. Mais: entre 2000 e 2005, o CO2 lançado por estes centros subiu 7,5%. Já nas demais áreas dos EUA, o índice alcançou os 9,1%. A notícia é do San Francisco Chronicle.

Pegando fogo

((o))eco
sexta-feira, 30 maio 2008 15:12

Todos os anos, aproximadamente 4,5 milhões de quilômetros quadrados de mata vão para os ares, em queimadas pelo mundo todo. Esta face acinzentada foi colocada num mapa por um pesquisador britânico da Universidade de Leicester. Segundo os dados, coletados entre 2000 e 2007, a África é a região onde os incêndios mais batem ponto. Publicada na revista Geophysical Research Letters, a pesquisa também confirmou o que já se imaginava: 95% das labaredas começam pela mão humana. A área total mundial incendiada anualmente ultrapassa o tamanho territorial da Índia. A notícia é da National Geographic.

Filme curto

((o))eco
sexta-feira, 30 maio 2008 15:12

Para entender melhor o comportamento e hábitos da espécie de rinoceronte mais rara do mundo, há um mês a WWF instalou câmeras escondidas para captar imagens dos animais em Java, Indonésia. Neste curto período, a organização conseguiu filmar dois indivíduos no Parque Nacional de Ujung Kulon. Mas a estratégia não foi para frente por motivos de força maior: um dos bichos notou o objeto estranho por trás das folhagens e tratou de destruí-lo imediatamente. Hoje, existem no mundo em torno de 70 exemplares da espécie, e 90% se concentram no parque asiático. O site do El Mundo botou o vídeo do WWF no ar. Assista.

Chateação verde

((o))eco
sexta-feira, 30 maio 2008 15:11

Os spams, aqueles email chatos e mentirosos que entopem as caixas de entrada, começam a apelar para a onda ambiental. A seção de informática do New York Times cita o exemplo de um que está rodando por aí. As características são as velhas conhecidas, que pelo menos, nos dão a dica para sabermos que se trata de balela: erros de ortografia por todo lado, remetente estranho e a promessa de que você pode salvar o mundo daí mesmo onde você está sentado. O caso citado pelo NYT é de um projeto que pretende difundir o uso de energias renováveis por países mais pobres. A benevolência é ótima, mas o conteúdo, péssimo.

Tem mais

((o))eco
sexta-feira, 30 maio 2008 14:24

O orçamento total do Brasil para a Expo Zaragoza 2008 (Espanha) é de aproximadamente R$ 3 milhões. R$ 1,1 milhão vem de seis ministérios. O dinheiro público será gasto em um estande, publicações, assessoria de imprensa e hospedagem para cerca de uma centena de servidores públicos e chefias. Tem gente que passará três meses por lá.