Download PDF
Parque Nacional da Serra da Capivara. Foto: Joaquim Neto/Wikiparques.

Parque Nacional da Serra da Capivara. Foto: Joaquim Neto/Wikiparques.

Caçadores atiraram em três vigilantes no Parque Nacional da Serra da Capivara, no Piauí, na manhã desta sexta-feira (18). Um dos guardas-parques chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Nenhum dos três estava armado. Polícia Federal irá investigar o caso. Os criminosos fugiram.

Os vigilantes contratados para fazer a guarda da Unidade de Conservação estavam fazendo ronda de rotina na área inatingível do Parque, aquela onde está vedada a visitação do público, quando se depararam com os caçadores. Eles abriram fogo contra os guardas desarmados. Ainda não se sabe quantos estavam no local.

O Ministério do Meio Ambiente só soltou o nome do guarda falecido, Edilson Aparecido da Costa Silva. Em nota, o ministro Sarney Filho se solidariza com a família da vítima.

“À família de Edilson e àquelas de seus dois colegas que foram feridos na mesma ocasião, envio minha solidariedade e dedico minhas preces. Desejo, ainda, expressar total repúdio à ação criminosa de quem atenta contra o meio ambiente, destruindo a natureza e, neste caso, vitimando quem trabalhava em sua defesa”, disse o ministro.

O Instituto Chico Mendes (ICMBio), responsável pela gestão da área,  informou que “acionou a Polícia Federal que já está apurando o incidente juntamente com a Polícia Civil do Estado do Piauí”.

Patrimônio Cultural da Humanidade e uma das áreas protegidas mais importantes do país, o Parque Nacional da Serra da Capivara, localizado no Piauí, abriga a maior quantidade de sítios arqueológicos pré-históricos das Américas.

 

Leia Também

As vidas do Parque Nacional da Serra da Capivara

Ministério repassará 1 milhão para Parque Nacional da Serra da Capivara

Três guardas-parques foram mortos no Parque Nacional de Virunga