Arquivo das categorias: Fernando Fernandez

Fernando Fernandez
Biólogo, PhD em Ecologia pela Universidade de Durham (Inglaterra). Professor do Departamento de Ecologia da UFRJ, seu principal interesse em ensino e pesquisa é a Biologia da Conservação.

Por que conservar a natureza afinal?

Por Fernando Fernandez

Há várias respostas. Pode-se dizer que ela nos é útil. Ou então, que protegê-la garante nossos recursos naturais. Mas o melhor é responder que a natureza é bonita e enriquece as nossas vidas.

Andy

Por Fernando Fernandez

Educar uma criança sobre o meio ambiente  é fundamental para ensiná-la sobre a importância da conservação. Mas o processo pedagógico pode ser maçante. Falta-lhe um mínimo de prazer.

Extinções: naturais ou causadas por nós?

Por Fernando Fernandez

Muito se fala sobre a extinção inevitável das espécies. Mas a taxa atual, sem asteróide nenhum caindo na cabeça dos seres vivos, não tem comparação. A catástrofe desta vez somos nós.

Estudo de um caso perdido: o falcão de Maurício e a Biologia da Conservação

Por Fernando Fernandez

A queda vertiginosa da população do falcão das Ilhas Maurício levou pesquisadores a decretarem que sua extinção era inevitável. O esforço de um biólogo mudou essa história.

Biocombustíveis, produção de alimentos, biodiversidade e “z”

Por Fernando Fernandez

Existe na ecologia uma lei imutável: quando submetida ao “efeito-ilha”, a quantidade de espécies diminuí. Sob essa ótica, a produção agrícola pode ser considerada um desastre.

Por que não existem pingüins no hemisfério norte?

Por Fernando Fernandez
O arau-gigante habitava lugares frios como a Groelândia (acima). Foto: Markus Trienke/Flickr.

De 1600 para cá, foram extintas pelo homem pelo menos umas 120 espécies de aves, 60 de mamíferos e 600 plantas. Por que essas coisas ainda são tão pouco divulgadas e discutidas?